Cidades Inteligentes: Novos Desafios Para os Profissionais de Engenharia e Arquitetura

|

BBa_CidadesInteligentes

Fonte: Freepik – Jannoon028.

 

As “smarts cities” ou “cidades inteligentes” dispõem de tecnologias que visam otimizar a estrutura e a integração dos serviços, bem como diminuir problemas comuns em diferentes áreas – energia, materiais, trânsito, mobilidade, segurança, entre outras. Uma cidade inteligente tem como foco investir em tecnologias e inovações a fim de proporcionar maior qualidade de vida à população em termos sociais e econômicos.

Estas cidades têm gerado desafios cada vez maiores aos profissionais das áreas da construção, engenharia, arquitetura e imobiliário. É necessário investir em educação e conscientização ambiental, promover a competitividade econômica por meio da integração de inovação e empreendedorismo.

O arquiteto, por exemplo, deve preocupar-se com as relações entre o homem e o espaço construído de forma a promover a criação de projetos inteligentes que permitam uma melhor utilização das edificações e das áreas urbanas.

 

As Cidades Inteligentes Pelo Mundo:

 

A cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, está classificada como “cidade de alto potencial”, isto é, uma cidade em uma posição inicial relativamente baixa, mas que demonstrou uma rápida taxa de progresso. As pontuações levam em conta dez dimensões: economia, meio ambiente, abertura internacional, coesão social, administração pública, planejamento urbano, tecnologia, mobilidade e transporte, capital humano e governança.

 

Tóquio – Japão

Tóquio, uma das cidades mais populosas do mundo, possui um eficiente sistema de transporte e espaços urbanos planejados. Em se tratando especificamente de planejamento urbano vale ressaltar que a arquitetura moderna e inovadora – que utiliza com frequência os elementos vidro e alumínio – pode ser viabilizada através das tecnologias exclusivas de sistemas de envidraçamentos, que permitem alta acessibilidade entre os espaços, contribuindo, também, para um visual mais “clean” das construções, assim como os  produtos Reiki proporcionam.

 

BBa_CidadesInteligentes_Toquio1

Fonte: Freshome.

 

BBa_CidadesInteligentes_Toquio2

Fonte: Wikimedia Commons.

 

Londres – Inglaterra

Londres preocupa-se em ser uma cidade cada vez mais sustentável utilizando medidas de baixo carbono nas áreas de transporte, energia e reciclagem. O vidro, neste contexto, tem sido um forte aliado ao permitir o melhor aproveitamento da luz natural – e a economia de energia elétrica – valorizar ambientes e garantir sua amplitude e, além disso, tornar-se um item essencial e único na arquitetura  da cidade.

BBa_CidadesInteligentes_Londres

Fonte: Edie.

 

BBa_CidadesInteligentes_Londres2

Fonte: Futurecom.

 

Fonte: Wri Cidades.

 

Nova Iorque – Estados Unidos

Nova Iorque listou um conjunto de iniciativas que pretendem fazer da cidade norte-americana uma verdadeira “cidade inteligente”. Seu objetivo é tornar-se referência global no campo das tecnologias inteligentes, através da expansão da conectividade para todos os cidadãos, soluções para melhorar os serviços públicos da população e implementação de dispositivos conectados na Internet das Coisas (IoT). A cidade planeja instalar sensores nas ruas que visam melhorar os níveis de segurança pública e garantir o acesso à Internet de alta velocidade à população.

BBa_CidadesInteligentes_NovaIorque1

BBa_CidadesInteligentes_NovaIorque2

Fonte: n’Stands

 

É preciso que os profissionais de arquitetura  e também os engenheiros – dominem todos os detalhes do projeto a fim de buscar melhores práticas e usos para estruturas e sistemas hidráulicos, elétricos e de materiais. Além disso, cabe a estes profissionais promover a sustentabilidade econômica, ambiental e social visando a melhoria da qualidade de vida da população em relação à cultura, saúde, segurança e habitação.

 

Fonte:

Cedro – [Ebook] Cidades Inteligentes: tecnologia para solucionar problemas da população

FGV Projetos – O que é uma cidade inteligente?

FGV Projetos – As cidades mais inteligentes do mundo

Futurecom – Conheça as 3 cidades mais inteligentes do mundo

Wri Cidades – Londres: de olho no presente para melhorar o futuro

Smart-Cities – Nova Iorque é a melhor smart city de 2016

Eco Desenvolvimento – Os 6 pilares essenciais para uma cidade inteligente

 

Fonte Imagens:

Freepik – Jannoon028

Freshome – 10 most impressive smart cities on earth

Edie – UK’s smart city transition ‘essential’ to combating rising energy demand

Futurecom – Conheça as 3 cidades mais inteligentes do mundo

Wri Cidades – Londres: de olho no presente para melhorar o futuro

n’Stands – Smart Cities NYC

Wikimedia Commons – Tokyo Public Transportation